Notícias

10/01/2019

Secretários e técnicos da SEDU e da SEPL avaliam aprovação do Programa Paraná Urbano III

A aprovação do Programa Paraná Urbano III, que traz financiamentos do Banco Interamericano de Desenvolvimento –BID -, ao Programa Estadual de Apoio ao Desenvolvimento Urbano e Melhorias de Infraestrutura Municipal, no valor de US$ 118.370.000,00, foi foco da reunião desta tarde entre os secretários do Desenvolvimento Urbano (SEDU), João Carlos Ortega, e o do Planejamento (SEPL), Valdemar Bernardo Jorge, no gabinete da SEDU. “A diretoria do BID já aprovou o Programa e as respectivas minutas contratuais. Nesta terça-feira, 08, a SEPL enviou a lista de contatos dos gestores do Estado para que o BID envie a Carta de Aprovação assinada pelo representante do Banco. Agora, analisamos as próximas etapas”, adiantou Ortega.

Todos os requisitos já foram cumpridos pelo Paraná, tais como estar em dia com o balanço; relatórios de gestão fiscal e informações contábeis e publicações obrigatórias junto à STN. “Vamos aguardar os pareceres técnicos e as análises da STN sobre verificação de limites e condições pós-negociações do pleito da SEPL e SEFA/PR. E outras medidas de apoio político, por parte de nossos senadores, devem ser incentivadas até que se conclua todos os trâmites legais”, explicou o secretário da SEDU.

IMPORTÂNCIA - O Paraná Urbano III vai contribuir, de maneira sustentável, para a redução do déficit de infraestrutura urbana e de serviços básicos em todos os municípios do Estado. E, ainda, melhorar ainda mais a gestão Tributária e Financeira e a capacidade de Planejamento Urbano, com o aumento da eficiência operacional do Sistema de Financiamento das Ações nos Municípios, o SFM.

Também participaram da reunião desta quarta-feira, na SEDU, pelo Serviço Social Autônomo (Paranacidade), o superintendente executivo, Alvaro Cabrini; o procurador jurídico, Luciano Borges; a diretora de Operações, Camila Scucato; o diretor administrativo financeiro, José Elizeu; o coordenador de Captação de Recursos, Alexandre Simas; e pela Secretaria do Planejamento, o diretor geral, Maurício Milczewski; o coordenador de Desenvolvimento Governamental e Planejamento, Nestor Bragagnolo; e o responsável pela Operações de Créditos, Tobias de Freitas Prando.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.