Notícias

12/03/2019

Ortega recebe prefeitos e aprova projetos para transformar a vida das pessoas nas cidades

O secretário do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, assinou nesta semana autorização para licitação de obras nos municípios de Jaguariaíva, no Norte Pioneiro, e em Cornélio Procópio, na Região Norte Pioneiro do Paraná. Os editais somam quase R$ 10 milhões. Jaguariaíva terá uma contrapartida municipal de pouco mais de R$ 70 mil.

 

O documento entregue ao prefeito de Jaguariaíva, José Sloboda, garante empréstimo de R$ 4,6 milhões para obras de pavimentação asfáltica em diversas ruas da cidade. As obras, que tem previsão de início entre maio e junho deste ano, deverão ser concluídas após 10 meses de trabalho.

 

O município  deverá ganhar 23,2 mil m² de pavimentação asfáltica, em projeto que inclui a implantação de calçadas, galerias, meio-fios, sinalização horizontal e vertical, rampas de acessibilidade e piso podotátil (sinalização para portadores de deficiência visual).

 

“Esta é mais uma fase de um programa de transformação da cidade. Quando assumimos a Prefeitura, havia 70 km de ruas sem pavimentação. Ao fim desta gestão, com esses e outros projetos, teremos pavimentado e urbanizado 60 km de vias”, orgulha-se o prefeito. “Quando aprovamos um projeto, temos como objetivo melhorar as condições de vida das pessoas, levar mais qualidade aos paranaenses”, enfatiza Ortega.

 

Jaguariaíva é uma das cidades mais antigas do Paraná. No próximo dia 15 de setembro, irá comemorar os seus 196 anos de emancipação política. O prefeito Sloboda explica que a festa, mais uma vez, será temática e abordará ciclos importantes da história local, como o tropeirismo e a exploração da madeira.

 

Na segunda-feira, 11, foi a vez do prefeito de Cornélio Procópio, Amin Hannouche, receber de João Carlos Ortega autorizações para a licitação de obras que somam quase R$ 5 milhões. O primeiro edital,  no valor de R$ 2,43 milhões, garante ao município a recuperação de 53 mil m² de pavimento asfáltico, a implantação de sinalização e a construção de 80 rampas de acessibilidade nos bairros Jardim Europa, Conjunto José Tibúrcio, na Rua Anchieta, e na Região Central. O outro libera R$ 2,52 milhões para o recape asfáltico de 67,3 mil m² em ruas da Vila Santa Terezinha, Jardins Bela Vista e Progresso e, ainda, na Rua João Reguin. 

NOVAS DEMANDAS - Também conversou com  o secretário Ortega o prefeito de Enéas Marques, município do Sudoeste do Paraná, Maikon Parzianello. Durante reunião com o secretário da SEDU, o prefeito pediu a reativação de convênios. Com essa possibilidade, o prefeito explica que terão continuidade obras de infraestrutura na área de esporte, como a miniarena esportiva, a unidade do Programa Meu Campinho e do Ginásio local.

 

O município tem como base da sua economia a agricultura familiar, a produção leiteira e a criação de aves e suínos de corte. A gastronomia, com a Festa do Leitão Assado (desossado na grelha), realizada sempre no primeiro fim de semana de novembro, completa as iniciativas do empreendedorismo local.

 

Já, a prefeita de Goioxim, cidade da Região Centro-Sul Paranaense, Mari Terezinha da Silva, também esteve em reunião com o secretário nesta terça-feira, 12. No encontro, apresentou as necessidades da população do município, conheceu os procedimentos exigidos para a liberação de recursos a projetos de desenvolvimento urbano e verificou o andamento de processos já aprovados.

 

A prefeita explicou quais são as prioridades de seu município. “Precisamos da revitalização do Centro da Cidade com obras de pavimentação e urbanização, barracões para a geração de emprego e renda e a aquisição de máquinas para a manutenção de estradas rurais”.

 

Professora e prefeita do município, Mari disse que trouxe da atividade educacional a sensibilidade para perceber as necessidades do povo. “Gostaria de resolver os problemas de um dia para o outro. Mas, há os procedimentos técnicos e legais para obedecer e isso deixa tudo mais lento. O principal, no entanto, é vencer os desafios. Mas é gratificante ajudar a população”, completou Mari Terezinha.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.