Notícias

11/01/2021

Como promover e assegurar a igualdade de gênero?

Uma das metas do Objetivo do Desenvolvimento Sustentável 5 (ODS 5), da Organização das Nações Unidas ONU, traz como necessidade para o equilíbrio entre homens e mulheres na sociedade, a garantia da “participação plena e efetiva das mulheres e a igualdade de oportunidades para a liderança em todos os níveis de tomada de decisão na vida política, econômica e pública”. Não por acaso a palavra “oportunidade” foi a mais citada pelos funcionários do Serviço Social Autônomo (Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas – SEDU), na pesquisa aplicada durante a Campanha de Sensibilização para os conteúdos da Agenda 2030 e os seus ODSs.

No período de 18 dias, os funcionários do Paranacidade receberam vídeos sobre cada um dos itens da Agenda 2030, os ODSs, com perguntas para serem respondidas. Nesse item, além de “oportunidade”, apareceram também, com destaque, “respeito, educação, remuneração, esclarecimento e mudança cultural”, entre outros. Na sua totalidade, o ODS 5 recomenda o ajuste de equilíbrio entre os gêneros, de acordo com as realidades nacionais, e alcança os maiores problemas verificados no planeta, como a violência de qualquer tipo contra mulheres e meninas, a falta de acesso aos recursos econômicos, de forma igualitária, e as mais variadas formas de discriminação.

OS CINCO Ps - O método desenvolvido no Paranacidade, disponível para aplicação em instituições como Prefeituras, Governos Estaduais e Federal; organizações do Terceiro Setor e empresas privadas, foi desenvolvido com base nos 5 Ps, da Agenda 2030, para o Desenvolvimento Sustentável (Pessoas, Prosperidade, Paz, Planeta e Parcerias). Na primeira fase, os funcionários recebem os vídeos e as perguntas. Em seguida, em reuniões ou individualmente, respondem a série de perguntas e – a partir das respostas – são criadas as “nuvens de palavras”. Ao final do processo, podem ser desenvolvidos documentos que reflitam as transformações, na compreensão e na cultura da instituição, sobre os itens abordados.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.