Notícias

08/10/2021

Paranacidade amplia debates em busca de sustentabilidade aos Municípios

O Grupo dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e Nova Agenda Urbana (GODSNAU) do Serviço Social Autônomo Paranacidade, vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), desenvolve, neste mês de outubro, uma série de Rodas de Conversas sobre a Agenda 2030 e a Nova Agenda Urbana. Ambas propostas pela Organização das Nações Unidas (ONU) e adotadas pelo Governo do Paraná na implantação das suas políticas públicas. Participam do encontro os técnicos do Paranacidade e das Prefeituras atendidas pelos Escritórios Regionais. No entanto, os debates estão disponíveis, à população em geral, no canal do YouTube da empresa.

Na abertura dos encontros, o coordenador do GODSNAU, Geraldo Luiz Farias, destaca que “há ações que só serão efetivadas se acontecerem nos Municípios”, em referência à implantação “de iniciativas que buscam o planejamento urbano sustentável, inclusivo e igualitário”, assegura. A posição ganha importância a partir de estudos que preveem que, em 2030, nada menos do que 92% da população paranaense viverá em Centros Urbanos. “A infraestrutura, para atender às demandas, deve ser planejada desde já”, enfatiza.

GODSNAU - Nesta semana, dias 5, 7 e 8, os Encontros Virtuais aconteceram entre os integrantes do GODSNAU e as equipes técnicas das Prefeituras e dos Escritórios Regionais de Londrina, Maringá e da Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba e Litoral. Na semana que vem, nos dias 14 e 15, será a vez dos técnicos que fazem parte dos Escritórios Regionais de Ponta Grossa, Guarapuava e de Cascavel-Francisco Beltrão.

Outubro foi definido pela ONU como OUTUBRO URBANO e o dia 31 como o DIA MUNDIAL DAS CIDADES. “Essas referências, entre outras, orientam a realização desses Encontros”, explica Geraldo. Para assistir às sessões, acesse o Canal Paranacidade Oficial, no YouTube: https://www.youtube.com/channel/UCjxkXSdBm46p1C6QCVxCe0A.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.