ORIENTAÇÕES – PARA ANÁLISE DOS PROJETOS SFM/PAM

Informações

O município deverá cadastrar seus projetos via Portal dos Municípios dentro das Prioridades, para encaminhar a documentação técnica obrigatória ao PARANACIDADE. O analista do PARANACIDADE por sua vez deverá acessar os projetos cadastrados para avaliar a documentação técnica obrigatória encaminhada.

A avaliação será feita em duas etapas:

  • Etapa 01: Deferimento

Nesta etapa, o analista do PARANACIDADE deve verificar se os documentos encaminhados são condizentes com o que é exigido na documentação técnica obrigatória. Neste momento o teor dos arquivos não é analisado.

  • Etapa 02: Análise

Nesta etapa, o analista do PARANACIDADE deve verificar se o teor dos arquivos encaminhados atende os critérios de elegibilidade de projetos: legais, urbanísticos, arquitetônicos, de engenharia, ambientais, econômicos e financeiros.

Após o cumprimento de todos os critérios de elegibilidade, o projeto e orçamento são aprovados.

Documentação padrão a ser apresentada pelo município.

  1. Planilhas de Serviços (contemplando as abas de orçamento, cronograma físico-financeiro, BDI e grandes itens)
    1. Pavimentação e Recape
    2. Construção Civil
  2. Tabela de composições de serviços
  3. Tabela de cotação de insumos / serviços especializados

 

Observações:

O Paranacidade não possui tabela de custo unitário. As tabelas de referência de custos unitários utilizados para análise dos orçamentos são do Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Paraná – DER-PR e Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil – SINAPI.

Os BDI’s (benefício e de despesas indiretas) adotados como referências pelo PARANACIDADE são:

  • Pavimentação e Recape - Informativo nº 001/2017 - DER/DT/CCO
  • Construção Civil - Resolução SEIL/DER nº 001/2012
Recomendar esta página via e-mail: