Notícias

26/05/2020

Novos Terminais Urbanos estimulam a economia e dão melhor qualidade de vida aos cidadãos

Garantir segurança e conforto está entre os itens principais dentro das propostas do Governo do Estado de melhorar a mobilidade de passageiros. Por isso, desde o início de 2019, foram concluídos, ou estão em fase final de construção, nada menos do que 11 novos Terminais Rodoviários, Intermunicipais ou Urbanos. Juntas, essas obras receberam investimentos de R$ 23.967.513,33 para melhorar o dia a dia das pessoas em 10 Municípios. “Melhorar os sistemas de mobilidade e facilitar o transporte são importantes para o desenvolvimento das cidades. Acrescentam mais facilidades para as pessoas e para a realização de negócios que estimulam as economias locais”, destaca o secretário do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega.

As construções foram viabilizadas a partir de financiamos ou recursos liberados pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU) e operacionalizados pela sua vinculada, o Serviço Social Autônomo (Paranacidade). “Os prefeitos ouvem a população e apresentam as principais demandas de acordo com o Plano Diretor do seu Município. Cabe à SEDU apoiar os bons projetos, aqueles que são estruturantes para o desenvolvimento local”, enfatiza Ortega.

Desde o mês de janeiro de 2019, foram entregues três Terminais Rodoviários Intermunicipais, beneficiando, com o investimento de R$ 1.077.686,92, as cidades de Campo Largo, Jaguapitã e Turvo. No mesmo período, foram concluídos e já estão em funcionamento, quatro Terminais de Transporte Urbano, sendo um em Floresta, um em Sengés e dois em Mamborê, realizados com a aplicação de R$ 1.217.235,44.

Outros quatro estão em construção. São dois Terminais Rodoviários Intermunicipais, em Francisco Beltrão, no valor de R$ 10.413.445,84; e em Umuarama, com o investimento de R$ 8.589.945,92; e dois Terminais de Transporte Urbano, em Guaraniaçu (R$ 774.131,60) e em Toledo (R$ 1.895.067,61).

 

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.