Notícias

22/07/2020

Sistemas a LED iluminam caminhos em direção à Cidade Sustentável

Dezoito Municípios paranaenses avançam na aplicação dos conceitos da sustentabilidade com a implantação de projetos que permitem o uso de tecnologias inovadoras para a iluminação pública. As iniciativas, viabilizadas com recursos do Tesouro do Estado, do Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM) e contrapartidas municipais, representam maior economia aos cofres públicos e maior segurança para a população. As propostas variam da implantação à substituição das luminárias tradicionais nos espaços públicos por sistemas a LED. Desde janeiro de 2019, foram destinados R$ 7,1 milhões para um total de 19 projetos. Os recursos foram aprovados pela Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), com operação do Serviço Social Autônomo (Paranaciade, vinculado à SEDU).

A queda no custo mensal da energia elétrica é um dos fatores de decisão de prefeitos, quando da opção pela troca de tecnologia. No entanto, há outros ganhos. A redução ou a prevenção à criminalidade, a melhor utilização dos espaços urbanos, a valorização dos locais públicos e melhorias na segurança do trânsito de automóveis e de pedestres estão entre as vantagens. “Essa é uma das tecnologias que apontam para transformação dos nossos centros urbanos em cidades sustentáveis e eficientes. De um lado, há a diminuição com a conta de energia. De outro, há a diminuição da demanda -  o que significa uma necessidade menor na produção da energia elétrica”, enfatizou o secretário da SEDU, João Carlos Ortega. A busca de equipamentos e procedimentos mais econômicos atende também ao Objetivo Número 11 do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

Os cuidados ambientais vão além. Na substituição dos sistemas, estão entre as exigências para a aprovação pela SEDU/Paranacidade a retirada e a destinação adequada dos componentes tradicionais, de forma a proteger a população e o meio ambiente.

Os Municípios beneficiados são: Anay, Ângulo, Astorga, Bom Sucesso do Sul, Campo do Tenente, Carambeí, Doutor Ulysses, Enéas Marques, Jesuítas, Nova Esperança do Sudoeste, Nova Prata do Iguaçu (dois projetos), Pérola d’Oeste, Quatro Barras, Renascença, Salto do Jacaré, Sertaneja, Teixeira Soares e Tibagi.

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.