Notícias

11/03/2020

Videoconferência consolida parceria SEDU/ SEPL e ONU Habitat

Uma videoconferência realizada em Curitiba nesta quarta-feira, 11, entre secretários de Estado do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas (SEDU), João Carlos Ortega, e o do Planejamento, Valdemar Bernardo Jorge; mais a vice-presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico e Social, ligado à Governadoria do Paraná, Keli Guimarães; superintendente, diretora e técnico do Serviço Social Autônomo (Paranacidade), Álvaro Cabrini, Camila Scucato e Geraldo Farias; e os representantes da ONU-Habitat consolida a primeira reunião ocorrida, no Rio de Janeiro, no início deste ano entre todas as partes para o desenvolvimento urbano sustentável em uma Nova Agenda Urbana (NAU), que pretende tornar as cidades e os assentamentos urbanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

Na reunião do Rio de Janeiro, no início do ano, na sede da ONU, estiveram o oficial Sênior Internacional, Alain Grimaldi; o oficial nacional para o Brasil, Rayne Ferreti Morae, a Assistente de Programas ONU-Habitat , Bruna Gimba, o superintendente executivo do Paranacidade, Alvaro Cabrini, e o articulador do ODS e Nova Agenda Urbana da Instituição, Geraldo Farias. Esse grupo também participou da videoconferência nesta quarta-feira, 11, em Curitiba.  Juntos, eles avaliam a possibilidade de cooperação em um Programa para Capacitação de Municípios, com Monitoramento e Planejamento Estratégico Espacial, com o objetivo de preparar Plataformas de Consecução dos ODS, em especial o ODS 11, conhecido como ODS Urbano.

A Nova Agenda Urbana foi adotada em outubro de 2016, na Conferência do Habitat III. “Esse documento orienta e repensa a forma como construímos, gerenciamos e vivemos nas cidades”, explica o secretário da SEDU.  De acordo com Geraldo Farias, essas reuniões têm o objetivo de apresentar um Projeto Racional para apreciação das necessidades e desafios específicos do Estado do Paraná.

De acordo com Ortega, o Governo do Paraná tem instrumentos para tornar as cidades sustentáveis. Ele cita alguns Programas do Paranacidade como o Plano Diretor Municipal; Portal dos Municípios, SEDU/Paranacidade Interativo; o Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM) pela SEDU / Paranacidade e Agência de Fomento; a Participação Social pelo Conselho Estadual das Cidades (ConCidades), além dos que dão direito à moradia digna com soluções habitacionais inovadoras, como o Condomínio de Residências para Idosos, da Companhia de Habitação do Paraná (COHAPAR, uma das vinculadas à SEDU).

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.