O SABER CIDADES

O SABER CIDADESO Serviço Social Autônomo (Paranacidade, órgão ligado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano (SEDU), abre um espaço "O SABER CIDADES", para a veiculação de trabalhos acadêmicos, pesquisas e projetos propostos pelo saber de seus técnicos e especialistas no desenvolvimento das cidades. Muitos desses trabalhos são apresentados em Congressos Nacionais e até no Exterior. E algumas ideias propostas já receberam prêmios, como é o caso do SEDU/Paranacidade Interativo, uma ferramenta que tem o objetivo de subsidiar a formulação e monitoramento de políticas públicas, em particular, aquelas voltadas às áreas urbanas, e ganhou o Prêmio MundoGeo#Connect Latin America 2016, ficando em primeiro lugar na categoria "Gestão Pública". Com esta ferramenta, os gestores estaduais e municipais de secretarias e órgãos públicos ganharam um novo aliado para troca de dados, integração de diferentes setores do governo, análise e coleta de informações para aprimorar o desenvolvimento dos 399 municípios do Paraná. Mas, todos os trabalhos visam o respeito e a prioridade ao ser humano e ao meio-ambiente, buscando a sustentabilidade.

 

O SABER CIDADES


Todos os caminhos levam a Roma!

Metodologia para Classificação do sistema viário

"A expressão remonta ao século I, quando o Império Romano era o umbigo do mundo e ia da Bretanha (na atual Inglaterra) à Pérsia (no atual Irã), e chegou a ter 80 mil quilômetros de estradas. Chamadas de cursus publicus, elas não eram como as que temos hoje e constituíam mais um meio de comunicação do que de transporte, por onde mensageiros levavam ordens de um lado para o outro do império."

E hoje, para onde nos levam os caminhos?

A importância de um caminho, de uma estrada, de uma via está além da própria obra. Caminhos levam mãe até os filhos, jovens ao saber acadêmico, a aventuras e abertura para o mundo, une casais apaixonados e famílias. E muito mais...

Caminhos são obras de arte e é preciso entender a função e a importância de cada um deles. E todos dentro de leis que dão facilidades para a classificação do Sistema Viário. É este o tema de pesquisas e de estudos veiculados pelos técnicos e especialistas do Paranacidade.

Metodologia para classificação do sistema viário


Trabalho apresentado na Noruega

Trabalho de pesquisa apresentado por profissionais do Paranacidade, no fim de 2018, durante o 54º Congresso Anual  da Sociedade Internacional de Planejadores Urbanos e Regionais – ISOCARP -, em Bodo, na Noruega. O tema abordado pelo arquiteto urbanista, Fernando Caetano; pelo economista, Jerônimo Meira, ambos analistas de Desenvolvimento Municipal; e pela estagiária graduanda em Arquitetura e Urbanismo, Mirela Purim, todos do Paranacidade, foi: "a anulação dos perímetros urbanos como instrumento técnico de planejamento para tornar as cidades mais sustentáveis". Os três representaram o Brasil neste evento mundial de planejamento urbano, em conjunto com outro colega argentino, onde foram apenas dois os expositores da América do Sul.

Artigo PDF (1,4Mb): A anulação do perímetro urbano como instrumento técnico de planejamento urbano: a insustentabilidade das cidades brasileiras do Estado do Paraná

Jeronimo Meira Economista Analista de Desenvolvimento Municipal

Arquiteto Urbanista Mestre em Geografia Analista de Desenvolvimento Municipal.jpg

Fernandona Noruega


 

Recomendar esta página via e-mail: